4 .

Audiocase

SPOTIFY:

TRABALHE DE ONDE QUISER

Leo Chiodi

13 de março de 2021

Ouça o audiocase

Work from anywhereLeo Chiodi
00:00 / 07:02

[LEO CHIODI]

No momento em que eu gravo esse audiocase, essa é a música que se encontra em 1º lugar nas paradas do Spotify

[TOCA A MÚSICA SAVE YOUR TEARS, DE THE WEEKND]

[LEO CHIODI]

Mas o que isso tem a ver com o que a gente vai falar hoje?

Nada. Mas o Spotify tem

[VINHETA]

[LEO CHIODI]

Hoje vamos falar sobre como o Spotify tem se organizado em termos de modelo de trabalho, também como esses modelos tem inspirado a Ensaio e, por que não, a sua forma de trabalhar?


 

Recentemente, a empresa publicou em seu blog, que eles começaram internamente o movimento Work from Anywhere (Trabalhe de qualquer lugar).

 

De acordo com o Spotify, o WFA (como eles estão apelidando o modelo) permitirá que seus funcionários escolham uma “forma de Trabalho”, em que eles podem definir se preferem produzir à distância ou em suas próprias casa, com o objetivo de ter “um local de trabalho que não é construído na premissa de que os funcionários precisam se reunir em um escritório tradicional”.

 

Segundo o site Business Insider, mesmo escolhendo de onde preferem trabalhar e optando pelo Home Office, os profissionais do Spotify vão manter os salários das cidades onde atuam.

Mesmo assim, o Spotify destacou que a implementação inicial do programa terá “algumas limitações” relacionadas às cidades e países escolhidos pelos funcionários para evitar dificuldades de fuso horário e leis de entidades regionais. O que deve ser um grande desafio para uma empresa grande, com um elevado número de funcionários.

 

 

Aqui na Ensaio, como temos um time enxuto, já conseguimos "driblar" esses desafios, tendo membros do nosso time trabalhando da Austrália, por exemplo, sem perdermos qualidade de comunicação.

Com essa transição, o Spotify pretende reavaliar nos próximos meses ou anos a relação custo-benefício de manter grandes e caros escritórios em Nova York e outros lugares.

É importante nós não confundirmos esse modelo com o Home Office, que tem suas diferenças, por exemplo: 

 

  • A flexibilidade de horário não é tão grande quanto o Work from Anywhere;

  • Você precisa estar o tempo todo em conexão estável;

  • Na maioria das vezes, é dividido com o trabalho presencial. Então fica mais complicado para quem mora longe da planta da empresa, por exemplo;

  • Pode ser uma "porta de entrada" para modelos mais flexíveis;

 

Em uma nota oficial, o Spotify diz que "A eficácia não pode ser medida pelo número de horas que as pessoas passam em um escritório. Em vez disso, dar às pessoas a liberdade de escolher onde trabalhar vai aumentar sua produtividade".

 

 

Esse é um ponto muito importante, que inclusive adotamos aqui na Ensaio. Nós não nos importamos tanto com o número de horas trabalhadas, mas sim com objetivos atingidos (definidos em conjunto) semana a semana.

 

Aqui é legal destacarmos algumas crenças que o Spotify elencou em sua nota oficial:

 

A empresa também diz que "uma estrutura distribuída nos desafiará a melhorar nossas práticas, processos e ferramentas de comunicação e colaboração".

 

 

Isso é muito importante.

 

Inclsuive, se você quiser dicas práticas de como mudar para o modelo remoto sem perder o foco criativo do seu time, dá uma olhada no Pico 1 dessa edição, em que eu conto um pouco da nossa experiência aqui na Ensaio, com métodos e ferramentas pra você aplicar.

Até porque a gente tem aplicado esse modelo há mais de 2 anos, então temos experiência com erros e acertos para poder passar pra você.


 

Obrigado por me ouvir até aqui, mas tem mais.

 

 

Todo Passeio tem um Pico exclusivo para assinantes do Epifania, nosso grupo secreto em que publicamos tutoriais de ferramentas de inovação, pílulas de inovação, sessões exclusivas do passeio, claro, spin-offs do Prototipando e ainda por cima fazemos sorteios! 

Nessa edição, conversamos com o Renato Contaifer e o Renato Caliari, especialistas em inovação em modelos de trabalho sobre o que realmente deve acontecer e como pode acontecer em um futuro que já começou hoje mesmo com novas formas de se organizar.

 

Tá beem legal. É só acessar ensaio.cc/epifania para saber mais sobre a comunidade.

Receba semanalmente