A Ensaio não acredita em mágica, por isso personalizamos todas os projetos de inovação e trabalhamos com poucos clientes selecionados. Essa solução é para as empresas que precisam solucionar problemas complexos de forma inovadora com um processo que acelere os resultados.

Esse serviço foi contratado por eles:

Por que a Ensaio?

O principal problema é: as empresas contratam consultorias com métodos fechados. Elas assumem o risco de achar que já sabem qual o problema a ser solucionado e investem seu budget completo sem testar antes.

Por isso criamos um laboratório de inovação: ajudamos as empresas a inovar através do Design Thinking. Descobrir o desafio, mapear os principais envolvidos e utilizar seu time na criação da solução de forma estratégica. Design é colaboração e empatia. Conseguimos resultados fora da caixa trazendo a nossa veia de negócios e especialização aos projetos.

Assim que recebermos o seu contato, entenderemos os desafios que querem solucionar, desenharemos a metodologia que melhor se encaixa e vocês serão um dos poucos projetos que trabalhamos.

Passo a passo do projeto

A premissa do design é: foco no ser humano. Por isso, nessa etapa exploraremos ao máximo qual é o desafio verdadeiro e a necessidade humana.

O início do processo se parece com o nascimento de um bebê, sem julgamentos e sem filtros ainda definidos.

Queremos explorar esse mundo de possibilidades para encontrar o que realmente é importante e qual desafio devemos de fato trabalhar.

Nessa fase de observação focaremos em explorar e questionar o que entendemos. É realmente muito importante essa fase.

Entender as reais necessidades das pessoas nos permite desenvolver a empatia sobre elas.

 

Entrevistaremos as pessoas, observaremos os cenários e participaremos da experiência para sentir na pele o que elas fazem, como fazem e porque fazem.

A etapa de Ponto de Vista é uma das mais desafiadoras. Após captarmos as necessidades, informações e todos os insights do time até agora, precisaremos definir o futuro do projeto e qual o desafio.

Realmente é um estágio desafiador, porém temos muitas horas de projetos com o processo e sabemos como lidar com as decisões, como costumamos dizer:

Confie no processo maluco. Acompanharemos com atenção.

Muita gente conhece como brainstorming, porém é muito mais que isso. Existem inúmeras maneiras de fazer as ideias surgirem e exploraremos isso aqui.

Nesse momento precisamos gerar ideias, não podar ideias. Você se impressionará com a capacidade do processo e das pessoas envolvidas em gerar ideias inovadoras. Essa é a parte do processo.

Com processo poderemos colher ideias de todos, sem interromper, nem limitar. Ideias malucas surgirão nessa etapa.

Chegou a hora de criar algo rápido e barato para testarmos. Uma ideia transformada em mundo real, é necessário ter algo físico para saber se a ideia é válida. Ser criativo e lúdico é a melhor maneira de validar ideias rapidamente. 

"Prototipar é a forma mais rápida e barata de se conectar com o usuário final." - de todos os Design Thinkers pelo mundo. 

Antes de investirmos 100% na solução cortaremos o risco, preparando o teste.

Falhar rápido para aprender rápido, é magnífico o quanto aprendemos no teste. Tudo o que desenhamos até agora será colocado em prática de forma simples, isso gerará uma grande quantidade de feedback e melhorias.

Com essa etapa reduzimos drasticamente o risco, aceleramos o aprendizado e vamos prontos para a próxima e última etapa.

Até aqui temos todos do time envolvido, ansiosos pela resposta para implementarmos ou não.

Chegamos a última, mas não menos importante etapa. Aqui condensaremos todos os aprendizados gerados para analisarmos o que funcionou e o que não funcionou.

Assim, podemos melhorar o que fizemos, corrigir as rotas e criar um manual de próximos passos para a implementação.

Aqui teremos um mapa complemento da transformação, desde o ponto A (perdido) até o B (solução testada e próximos passos definidos)

Inovação não é mágica, é processo. O desafio das empresas costuma ser: reuniões desestruturadas levam a mais discussões e um caminho turbulento que não cria soluções. É aí que a Ensaio entra: tiramos barreiras que impedem a inovação como processo. É isso o que as empresas mais inovadoras fazem.

Tangibilizaremos, junto com seu time experimentos e aprendizados, chegando em uma estratégia a ponto de ser operacionalizada. Assim como o ROI de todas as ações contratadas. Ao fim, terão todas as ações documentadas, assim como os aprendizados, e o ROI calculado.

Ao invés de impor nosso conhecimento, envolvemos o seu time para a criação da solução. Todos se sentem parte do projeto, agregando com o conhecimento de diferentes áreas e com pessoas que sabem exatamente quais são os gargalos. Nós trazemos o processo e o especialista.

Conheça nossos cientistas

Transforme seu status quo

© 2020 por Ensaio.

Daniele Martins

Entusiasta de aprender e fazer. Curiosa, criativa, amante dos estudos e da mão na massa. Cursou Design de Interiores e passou pelas áreas acadêmica, de marketing digital e de operações, até finalmente chegar à inovação pautada pelo design. Com o pensamento composto por diferentes visões de diferentes áreas, sempre orientado pelos princípios do Design, busca transformar e ressignificar os locais por onde passa. Inspirada pelas artes. Fã dos processos :)

Go to link