4 .

Audiocase

DESIGN É MAIS

QUE UMA PROFISSÃO

Bruno Leão

16 de fevereiro de 2022

Image by Mark König

Ouça o audiocase

Design é mais que uma profissãoBruno Leão
00:00 / 03:29

Falar de Design é algo até meio traumático para muitos designers. É até normal você ainda encontrar algumas pessoas achando que o designer é somente o cara que sabe desenhar, o menino do Photoshop, o cara que faz uns logotipos, que cria sites, etc.

Acho que você já está entendendo onde quero chegar. Né?

Bruno Leão, Business Designer aqui da Ensaio de novo, pra te falar que...

Design não se limita ao aspecto estético das coisas. Design é literalmente tudo e todos. Sou suspeito por ser designer, óbvio. Mas minha melhor definição para design sempre foi: “Percebemos, imaginamos, criamos e solucionamos e, se estivermos bem dispostos a ir longe, inovamos. Quem? Nós, os designers? Também, mas estou falando de todos os seres humanos”.

Wow, que poético, não? Pois é, até para poesia, talvez seja preciso pensar como um designer.

O design é sobre sentir, empatizar, é o acesso ao criativo de verdade, ao emocional, ao humano. É o toque em tudo que está em volta de um desafio ou de uma necessidade de uma ou um coletivo de pessoas.

Design, em sua tradução, já leva alguns significados. Uma das que eu mais gosto é PROJETAR, mas também podemos encontrar palavras como DESENHAR, DESIGNAR, ESBOÇAR, DESTINAR, MODELAR, ESQUEMATIZAR, e por aí vai.

Voltando ao trauma citado, é importante ressignificar. Criar um novo design ao designer. Talvez nem seja novo, talvez seja o mesmo, aliás, provavelmente o mesmo eu diria.

 

 

Mas o grande desafio; e olha só, que ótimo poder ter mais um grande desafio sendo um DESIGNER; provavelmente seja evidenciar o quão importante é essa prática para a sociedade, o quanto a gente já encontra ela meio que colada em profissões até tradicionais, e até arriscaria, mais respeitadas.

Esses dias me perdendo pelo linkedin vi um Laboratório de Design Jurídico. Pois no fim, em suas próprias linguagens, não é muito difícil perceber uma jornada de descoberta > ideação > protipagem > experimentação dentro dos mais diversos casos de um Advogado.

Um médico, além de todo seu estudo e conteúdo acadêmico, ainda precisa entender profundamente o ser humano e seus diagnósticos para, e aqui me arrisco, fazer o design de um tratamento, certo? O projeto ou planejamento de uma cirurgia, ou até mesmo, como manter em pé seus próprios consultórios, como empreender.

Eu poderia ir, de profissão em profissão, encontrando pontos onde todos nós precisamos ser designers.

Quem sabe resgatar essa reflexão, não ajude nós designers, que escolhemos trabalhar como designers, a nos valorizar e com isso, conquistarmos a valorização que nos é tão almejada!

É bom demais ser Designer.

Receba semanalmente